Veja outras fotos. Clique aqui:

https://www.facebook.com/olharjornalistico/media_set?set=a.668891996477003.1073741837.100000686270175&type=1

(É necessário ter uma conta no facebook)  

.

Frei Petrônio de Miranda, Frade Carmelita

www.facebook.com/olharjornalistico

www.facebook.com/freipetronio2

 

Morrer para o ódio

Senhor, eu quero morrer

Morrer para a arrogância

Senhor, eu quero morrer

Morrer para a mentira

Senhor, eu quero morrer

Morrer para a falsidade

Senhor, eu quero morrer

Porque sem ti eu não quero viver.

*Leia na íntegra. Clique aqui:

http://mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2011/08/eu-quero-morrer.html

.

Frei Petrônio de Miranda, Frade Carmelita.

www.facebook.com/olharjornalistico

www.facebook.com/freipetronio2

 

Quando eu tiver anunciado a esperança

Que venha a irmã morte me levar

Quando eu não tiver ódio no coração

Que venha a irmã morte me levar

Quando eu socorrer os aflitos e oprimidos

Que venha a irmã morte me levar.

Porque com o meu Deus, eternamente, eu quero ficar.

*Leia na íntegra. Clique aqui:

http://mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2011/08/que-venha-irma-morte.html

.
Frei Petrônio de Miranda, Frade Carmelita.
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 
 
Se sou justo e humano
Por que ter medo da morte?
Se vivo sem medo de ser feliz
Por que ter medo da morte?
Se sou alegre e fraterno
Por que ter medo da morte?
Se abro as portas para os pobres
Por que ter medo da morte
Se com Cristo eu irei me encontrar?
 
*Leia na íntegra. Clique aqui:
http://www.mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2013/11/por-que-ter-medo-da-morte.html
.

O CD com o Hino da Campanha da Fraternidade (CF) de 2014 e os cantos para a Quaresma já estão disponíveis nas livrarias católicas de todo país. O hino foi escolhido a partir do concurso e teve a aprovação final dos bispos do Conselho Episcopal Pastoral.

Fonte: http://www.blogdacnbb.com

.

.

VENHA NAVEGAR CONOSCO!  CLIQUE NAS PÁGINAS...

www.facebook.com/olharjornalistico

www.facebook.com/freipetronio2

.

Frei Gilvander Luís Moreira, O.Carm.

Frei Cláudio tem uma história de compromisso com a luta pelos direitos humanos durante a ditadura militar-civil-empresarial, pois, junto com outros frades, colocou a Igreja do Carmo como uma trincheira que oxigenava a luta contra a ditadura. Por isso teve que responder Inquérito militar. Com essa história, frei Cláudio sempre compreendeu minha luta ao lado dos movimentos sociais populares, pois sabe que hoje uma ditadura econômica paira sobre a maioria do povo...

*Leia na íntegra. Clique aqui: 

http://www.mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2013/10/frei-claudio-van-balen-mestre-e-amigo.html

.

Sete pessoas morreram e oito ficaram feridas, três delas em estado grave, após uma van capotar na BA-414, entre os municípios de Pintadas e Ipirá, a 220 quilômetros de Salvador, na tarde desta terça-feira (29).

Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual, o veículo transportava moradores de Pintadas que haviam participado de um velório em Ipirá. No retorno, um dos pneus da van estourou, fazendo com que o motorista perdesse o controle do veículo, que capotou na pista.

Quatro pessoas morreram no local e outras três ainda foram socorridas, mas não resistiram. Dos feridos, três, em estado grave, foram transferidos para hospitais de Feira de Santana e de Salvador. Outros três seguem internados no Hospital Municipal de Ipirá e dois receberam alta médica.

Fonte: http://noticias.bol.uol.com.br

.

Cleiton Frack, 29 anos, foi encontrado na Praia de São Miguel. Ele é ex-vocalista de banda que venceu um programa de calouros.

Morreu afogado, nesta quarta-feira (29), em Ilhéus, na região sul da Bahia, o cantor gospel Cleiton Frack, 29 anos, ex-vocalista da banda ArtPela, vencedora do programa de calouros "Astros", do SBT. O corpo do artista foi encontrado por volta das 13h40, na praia São Miguel, orla norte da cidade.

O Corpo de Bombeiros, que prestou assistência ao caso, afirma que ele foi retirado do mar pela equipe de salva-vidas municipal, dentro de um cais, após uma arrebentação.

Segundo relatos de testemunhas, informados pelos bombeiros, Cleinton de Oliveira Francisco estava na praia com uma pessoa e se afogou repentinamente.

Antes, ele tinha feito uma refeição "pesada", disse os bombeiros. O Samu também foi acionado e, quando chegou ao local, ele já tinha morrido. O Corpo de Bombeiros informa que o mar da praia de São Miguel é perigoso porque tem buracos e correnteza. Além disso, a maré estava enchendo quando ocorreu o afogamento.

Segundo um amigo do cantor, ele estava na Bahia para uma miniturnê em Salvador e Feira de Santana e, como tinha dois dias vagos na agenda, aceitou o convite para cantar em duas igrejas em Ilhéus.

Ele postou muitas fotos da passagem dele no estado nas redes sociais. No Twitter, há um dia, o artista postou um salmo biblíco: "Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre. Salmos 125:1".

Ainda segundo informações do amigo, Cleiton partiria na terça-feira (28) para São Paulo, mas a sua passagem foi remarcada para às 15h desta quarta-feira (29). Ele era de São Paulo e estava divulgando o seu primeiro trabalho em carreira solo.

Fonte: http://g1.globo.com

.

.

.

*ESTHER SOLANO E RAFAEL ALCADIPANI

O "black bloc" acontece nas ruas. Esta afirmação aparentemente elementar nos motivou a sair de nossos cômodos ambientes universitários e ir para a rua buscar compreender este complexo fenômeno social que tantos desafios institucionais e tanta estupefação têm ocasionado na sociedade.

Nossa rotina de pesquisa consiste em acompanhar muito de perto as manifestações, observar, perguntar, conversar com pessoas que utilizam a tática "black bloc", policiais e membros da imprensa.

Das conversas que tivemos, e das observações que realizamos, ficou claro que para estes jovens a violência simbólica funciona como uma forma de se expressar socialmente, um elemento provocador que tem o intuito de captar a atenção de um Estado percebido como totalmente ausente.

O uso da violência simbólica também serve, na versão deles, para induzir a sociedade a refletir sobre a necessidade de uma mudança sistêmica: "protesto pacifico não adianta nada, só com violência que o governo enxerga nossa revolta", "a intenção é transgredir, incomodar, deixar visibilidade, chamar para um debate"...

*Leia na íntegra. Clique aqui:

http://www.mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br

.

A Arquidiocese do Rio tirou a sorte grande por trabalhar em silêncio. Há cinco anos ela fez uma faxina nas suas contas, afastou um padre que administrava seus bens e transferiu para uma casa em São José dos Campos o cardeal Eusébio Scheid, substituído por d. Orani Tempesta. Scheid deixou o apartamento de 500 metros quadrados (R$ 2,2 milhões) que fora comprado no Flamengo. O administrador, padre Edvino Steckel, foi acusado de ter gasto R$ 14 milhões em móveis, carros e enfeites. Em 2010 seu substituto foi detido no Galeão quando embarcava para Portugal com 52 mil euros nas roupas e nas malas.

Agora o papa Francisco detonou publicamente o bispo da Diocese alemã de Limburg, que torrou 31 milhões de euros num palácio episcopal.

*Da coluna de Elio Gaspari, jornalista, publicada pelo jornal Correio do Povo, 27-10-2013:

Fonte: http://www.ihu.unisinos.br

.

A diocese do polêmico bispo alemão Franz-Peter Tebartz-van Elst, afastado temporariamente do cargo pelo Papa Francisco, confirmou neste domingo que a milionária residência reformada pelo bispo, cujas reformas ultrapassaram os 31 milhões de euros, poderá converter-se em um albergue para sem-teto. A reportagem é publicada por Religión Digital, 27-10-2013. A tradução é de André Langer.

Segundo confirmou a diocese em um comunicado, estão em estudo diversas opções para dar um uso social à sua milionária residência. As ideias vão desde um lar para moradores de rua, passando por um centro de informação até um café para os milhares de visitantes que a catedral recebe, assinalaram fontes da diocese de Limburg, no centro-oeste da Alemanha.

“O lugar tem algo comunicativo, convida. Deve converter-se novamente em algo aberto”, defendeu o pároco Albert Dexelmann, confirmando uma informação publicada na nova edição da revista alemã Der Spiegel.

Tebartz-van Elst está há meses no centro da polêmica por seu estilo autoritário, sua luxuosa residência com um custo estimado em 31 milhões de euros e investigações sobre falso testemunho e malversação de dinheiro.

Fonte: http://www.ihu.unisinos.br

.