De acordo com o historiador e jornalista Fábio Augusto Steyer, “as relações do homem com a morte (ou as atitudes humanas diante dela) presentes nos cemitérios das cidades gaúchas Santo Antônio da Patrulha e Caraá, podem ser observadas e analisadas a partir dos epitáfios, objetos colocados nos túmulos, arquitetura tumular, estatuária, disposição espacial dos cemitérios, entre muitas outras coisas”.

Ele destaca que, em larga medida, existe uma postura de negar a morte “como fim último da existência, a partir da necessidade de crença em algum tipo de transcendência”. Acontece, também, “a afirmação da individualidade do morto. As pessoas querem acreditar que o morto continua existindo em algum lugar, depois da morte, e mantendo a mesma individualidade que tinha na terra”...

*Leia na íntegra. Clique aqui:

http://www.mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2013/11/lidar-com-morte-manipulando-nossos.html

.

As cinzas humanas estão lá, espalhadas ao pé das árvores. A poucos passos da entrada do cemitério intermunicipal de Joncherolles (Seine-Saint-Denis), na França, perto do crematório, que recebendo 1.200 corpos por ano, o "Jardim da Recordação" tem uma atmosfera de tranquilidade.

Desejado em todos os municípios de mais de 2.000 habitantes pela lei de 19 de dezembro de 2008, relativa à cremação, já como parte preponderante das exéquias, o "Jardim da Recordação" de Joncherolles conheceu uma evolução interessante. Mathieu Legrand, seu conservador, a explica: "Teoricamente, as cinzas devem ser derramadas no 'poço das cinzas'"...

*Leia na íntegra. Clique aqui:

http://www.mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2013/11/cemiterios-se-adaptam-laicizacao-da.html

.

O dado não poderia ser mais alarmante. E inquietante. “Mais de 3.000 religiosos e religiosas abandonam, a cada ano, a vida consagrada”. A constatação é do secretário da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada, José Rodríguez Carballo, ao abrir o congresso “Fidelidade e perseverança vocacional e uma cultura do provisório”, no Antonianum de Roma. Uma autêntica queda vocacional. A reportagem é de Jesús Bastante, publicada por Religión Digital, 29-10-2013. A tradução é do Cepat.

Em um artigo publicado pelo L'Osservatore Romano, com o título “Crise das vocações religiosas? É culpa do zapping”, Carballo apresenta números que são, ao menos, preocupantes: nos últimos cinco anos, a Congregação concedeu 11.805 dispensas entre indultos, decretos de renúncia ou secularizações.

No mesmo período, a Congregação para o Clero concedeu 1.188 dispensas de obrigações sacerdotais e 130 de obrigações do diaconato. Todos são religiosos, ao passo que, a cada ano, representam uma média de 376,6. Somando estes números com os citados anteriormente, percebe-se que, em cinco anos, 13.123 religiosos ou religiosas abandonaram a vida religiosa, ou seja, 2.624,6 a cada ano. Além das renúncias e dispensas, é preciso somar os casos de sanções ou condenações da Congregação para a Doutrina da Fé. No total, são mais de 3.000. “Seria ingenuidade não levar em consideração os números”.

Fonte: http://www.ihu.unisinos.br

.

Veja outras fotos. Clique aqui:

https://www.facebook.com/olharjornalistico/media_set?set=a.668891996477003.1073741837.100000686270175&type=1

(É necessário ter uma conta no facebook)  

.

Frei Petrônio de Miranda, Frade Carmelita

www.facebook.com/olharjornalistico

www.facebook.com/freipetronio2

 

Morrer para o ódio

Senhor, eu quero morrer

Morrer para a arrogância

Senhor, eu quero morrer

Morrer para a mentira

Senhor, eu quero morrer

Morrer para a falsidade

Senhor, eu quero morrer

Porque sem ti eu não quero viver.

*Leia na íntegra. Clique aqui:

http://mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2011/08/eu-quero-morrer.html

.

Frei Petrônio de Miranda, Frade Carmelita.

www.facebook.com/olharjornalistico

www.facebook.com/freipetronio2

 

Quando eu tiver anunciado a esperança

Que venha a irmã morte me levar

Quando eu não tiver ódio no coração

Que venha a irmã morte me levar

Quando eu socorrer os aflitos e oprimidos

Que venha a irmã morte me levar.

Porque com o meu Deus, eternamente, eu quero ficar.

*Leia na íntegra. Clique aqui:

http://mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2011/08/que-venha-irma-morte.html

.
Frei Petrônio de Miranda, Frade Carmelita.
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 
 
Se sou justo e humano
Por que ter medo da morte?
Se vivo sem medo de ser feliz
Por que ter medo da morte?
Se sou alegre e fraterno
Por que ter medo da morte?
Se abro as portas para os pobres
Por que ter medo da morte
Se com Cristo eu irei me encontrar?
 
*Leia na íntegra. Clique aqui:
http://www.mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2013/11/por-que-ter-medo-da-morte.html
.

O CD com o Hino da Campanha da Fraternidade (CF) de 2014 e os cantos para a Quaresma já estão disponíveis nas livrarias católicas de todo país. O hino foi escolhido a partir do concurso e teve a aprovação final dos bispos do Conselho Episcopal Pastoral.

Fonte: http://www.blogdacnbb.com

.

.

VENHA NAVEGAR CONOSCO!  CLIQUE NAS PÁGINAS...

www.facebook.com/olharjornalistico

www.facebook.com/freipetronio2

.

Frei Gilvander Luís Moreira, O.Carm.

Frei Cláudio tem uma história de compromisso com a luta pelos direitos humanos durante a ditadura militar-civil-empresarial, pois, junto com outros frades, colocou a Igreja do Carmo como uma trincheira que oxigenava a luta contra a ditadura. Por isso teve que responder Inquérito militar. Com essa história, frei Cláudio sempre compreendeu minha luta ao lado dos movimentos sociais populares, pois sabe que hoje uma ditadura econômica paira sobre a maioria do povo...

*Leia na íntegra. Clique aqui: 

http://www.mensagensdofreipetroniodemiranda.blogspot.com.br/2013/10/frei-claudio-van-balen-mestre-e-amigo.html

.

Sete pessoas morreram e oito ficaram feridas, três delas em estado grave, após uma van capotar na BA-414, entre os municípios de Pintadas e Ipirá, a 220 quilômetros de Salvador, na tarde desta terça-feira (29).

Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual, o veículo transportava moradores de Pintadas que haviam participado de um velório em Ipirá. No retorno, um dos pneus da van estourou, fazendo com que o motorista perdesse o controle do veículo, que capotou na pista.

Quatro pessoas morreram no local e outras três ainda foram socorridas, mas não resistiram. Dos feridos, três, em estado grave, foram transferidos para hospitais de Feira de Santana e de Salvador. Outros três seguem internados no Hospital Municipal de Ipirá e dois receberam alta médica.

Fonte: http://noticias.bol.uol.com.br

.

Cleiton Frack, 29 anos, foi encontrado na Praia de São Miguel. Ele é ex-vocalista de banda que venceu um programa de calouros.

Morreu afogado, nesta quarta-feira (29), em Ilhéus, na região sul da Bahia, o cantor gospel Cleiton Frack, 29 anos, ex-vocalista da banda ArtPela, vencedora do programa de calouros "Astros", do SBT. O corpo do artista foi encontrado por volta das 13h40, na praia São Miguel, orla norte da cidade.

O Corpo de Bombeiros, que prestou assistência ao caso, afirma que ele foi retirado do mar pela equipe de salva-vidas municipal, dentro de um cais, após uma arrebentação.

Segundo relatos de testemunhas, informados pelos bombeiros, Cleinton de Oliveira Francisco estava na praia com uma pessoa e se afogou repentinamente.

Antes, ele tinha feito uma refeição "pesada", disse os bombeiros. O Samu também foi acionado e, quando chegou ao local, ele já tinha morrido. O Corpo de Bombeiros informa que o mar da praia de São Miguel é perigoso porque tem buracos e correnteza. Além disso, a maré estava enchendo quando ocorreu o afogamento.

Segundo um amigo do cantor, ele estava na Bahia para uma miniturnê em Salvador e Feira de Santana e, como tinha dois dias vagos na agenda, aceitou o convite para cantar em duas igrejas em Ilhéus.

Ele postou muitas fotos da passagem dele no estado nas redes sociais. No Twitter, há um dia, o artista postou um salmo biblíco: "Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre. Salmos 125:1".

Ainda segundo informações do amigo, Cleiton partiria na terça-feira (28) para São Paulo, mas a sua passagem foi remarcada para às 15h desta quarta-feira (29). Ele era de São Paulo e estava divulgando o seu primeiro trabalho em carreira solo.

Fonte: http://g1.globo.com

.

.

.